Quem Somos?

nossa história

A história da oncológica começa com a chegada do Dr. José Luiz Amorim de Carvalho a Belém, vindo do Rio de Janeiro com intuito de servir a Força Aérea Nacional. O médico trouxe consigo muitas experiências sobre o câncer, o que lhe deu competência para ficar responsável em criar e organizar os serviços de Quimioterapia do Instituto Ophir Loyola, único na região, onde atualmente ainda permanece na chefia, atendendo diariamente seus pacientes.

Percebendo a crescente demanda de pacientes, e em contrapartida, a falta de profissionais especializados na área oncológica, o Dr. José Luiz criou a Clínica Oncológica, para atender pacientes de convênios médicos e particulares, desenvolvendo e ampliando o tratamento de câncer no Pará.

A busca incessante por novas informações, para possibilitar a melhor qualidade de vida de seus pacientes, fez crescer ainda mais a vontade do Dr. Luiz de Carvalho em se aprofundar nos estudos sobre o câncer, o tornando cada vês mais assíduo em congressos e eventos voltados para especialidade. Todo esse empenho e experiência, fizeram com que o médico fosse credenciado para ocupar cargos de importante relevância nacional, sempre buscando novas técnicas e possibilidades terapêuticas para o tratamento do câncer. Atualmente, o Dr. Luiz de Carvalho é o Presidente da Sociedade Medico-Cirúrgica do Pará. Membro Emérito da Sociedade Brasileira de Cancerologia e Membro Titular da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica.

corpo clínico

Em busca de maior êxito no tratamento do câncer, a Oncológica usa um tratamento multidisciplinar em seus pacientes, com uma equipe composta por médicos, departamentos de psicologia e fonoaudiologia, assistência social, nutricionista e odontologia.

Essa equipe multidisciplinar vai minimizar o sofrimento do paciente atendendo as suas necessidades de forma individualizada, levando em consideração a especificidade de cada tipo de câncer e as consequências que cada tratamento gera no organismo do paciente.

Nossa equipe prioriza o bom atendimento, e o cuidado humanizado, para que nossos pacientes se sintam acolhidos com essa nova realidade, que requer muita atenção e acolhimento de nossos profissionais.